Exercício na infância, saúde óssea na velhice

Segundo pesquisadores do Hospital Universitário de Skane, na Suécia, praticar atividades físicas regularmente desde a infância pode reduzir o risco de fraturas ao atingir idade avançada.

A pesquisa foi apresentada em um encontro recente da Sociedade Americana de Ortopedia para Medicina Esportiva (AOSSM). De acordo com o principal autor do estudo, Bjorn Rosengren, a relação entre exercícios na infância e diminuição do risco de fraturas ocorre devido ao aumento do pico de massa óssea, que ocorre em crianças que praticam exercícios regularmente.

Durante seis anos, os pesquisadores colocaram 362 meninas e 446 meninos, entre sete e nove anos de idade, para praticar 40 minutos diários de educação física na escola. Enquanto isso, outro grupo composto por 780 meninas e 807 meninos praticavam apenas uma hora semanal de exercícios. Os pesquisadores  acompanharam a incidência de fraturas e o desenvolvimento ósseo de todas as crianças  anualmente e, ao final do período de estudo, o risco de fraturas era similar nos dois grupos, mas a densidade óssea da coluna vertebral era mais elevada nas crianças que praticaram mais exercícios.

A equipe também realizou um estudo retrospectivo, comparando 709 homens ex-atletas com idade média de 69 anos e 1.368 homens sedentários, com idade média de 70 anos. Os resultados mostraram que a densidade óssea dos ex-atletas sofreu uma redução mínima na idade avançada, em comparação com o outro grupo. Com essa conclusão, o estudo destaca mais um motivo pelo qual crianças precisam praticar atividades físicas regularmente para melhorar sua saúde, tanto no presente quanto no futuro.

Veja a pesquisa publicada no periódico TIME Healthland.

Fonte: Portal da Educação Física

Anúncios

Sobre Prof. Leud

Leudenei Sganzerla – (Prof. Leud) CREF: 081722-G/SP Profissional registrado no Conselho Federal de Educação Física (CONFEF) e no Conselho Regional de Educação Física (CREF). Graduado em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE, Presidente Prudente - SP. Pós-graduado em Treinamento Personalizado e Musculação pela Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, Londrina - PR. Possui Certificação Internacional Oficial TRX Suspension Training (Treinamento em Suspensão), Certificação Core 360° - Treinamento Funcional e diversos cursos de capacitação como: Prescrição e Orientação de Exercícios na Saúde, na Doença e no Envelhecimento, Atividade Física e Saúde, Envelhecimento e Atividade Física, Atividade Física e Saúde, entre outros. Natural de Presidente Prudente, interior de São Paulo, onde reside e trabalha atualmente. Como Personal Trainer, tem atuado com os mais variados públicos, dentre estes, indivíduos que requerem cuidados específicos, como cardiopatas, obesos, diabéticos, pessoas com problemas na coluna e síndrome metabólica.
Esse post foi publicado em Treinamento e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s