Treinamento Funcional

Nesse post vamos falar um pouco sobre o Treinamento Funcional, um tipo de treinamento que para muitos parece uma novidade, mas que já é algo utilizado há tempos pela humanidade pois parte de um trabalho que se utiliza dos padrões fundamentais do movimento humano, como por exemplo: levantar, saltar, girar, suspender, etc. De uma maneira geral o Treinamento Funcional busca o aperfeiçoamento do sistema musculo-esquelético e consequentemente trabalha os sistemas sensório-motor e proprioceptivo.

Esse tipo de treinamento trabalha o corpo como um todo, através de gestos motores específicos, quando se busca por exemplo a performance em algum esporte, ou através de gestos motores relacionados às atividades da vida diária, quando a busca é por saúde. Isso não acontece por exemplo com a musculação, onde o trabalho muscular é feito de forma isolada.

A Wikipédia traz algumas informações sobre o trabalho do core no Treinamento Funcional: “Algumas linhas de pesquisa sobre treinamento funcional referem-se ao treinamento com instabilidade e/ou treinamento do core. Podemos entender como treinamento do core um programa de exercícios físicos que visa melhorar a capacidade de controlar a posição e o movimento do tronco sobre a pelve e as pernas para permitir uma ótima produção, transferência e controle da força e movimento para o segmento distal, numa cadeia integrada de atividades. Desta forma o produto do controle motor e da capacidade muscular do complexo lombo-pélvico-quadril é a estabilidade do centro corporal (core).”

O Treinamento Funcional pode ser adaptado à qualquer programa e objetivo de treinamento. Também devo citar a questão estética, que é considerada muito importante, mas vista como consequência do treinamento e não como objetivo. Qualidades como força, velocidade, equilíbrio, agilidade, coordenação, flexibilidade e resistência são integradas de forma a proporcionar ganhos significativos.

Explicando de uma forma bem simples e objetiva, o Treinamento Funcional consiste basicamente em realizar exercícios  livres, em superfícies instáveis e/ou com materiais que gerem instabilidade. Desta forma, é possível estimular de forma ímpar a coordenação, o equilíbrio e a propriocepção. Para quem não sabe, a propriocepção é o termo que descreve a percepção do corpo. Os proprioceptores musculares são muito importantes no exercício, pois estabelecem uma “comunicação” entre o cérebro e os músculos. Consequentemente, a estimulação destes, aprimora tal comunicação, melhorando o equilíbrio, a coordenação e prevenindo lesões.

Como os exercícios propostos no treinamento funcional são pensados primeiro em torno dos movimentos, os mesmos exigem concentração, ainda mais que muitos são executados em bases instáveis como bolas, pranchas, bosu, elásticos, cabos e em um apoio. Essa concentração conecta o corpo, a mente e a respiração, gerando maior resultado no exercício e também redução dos níveis de estresse.

Para ficar mais fácil de entender o que é o Treinamento Funcional assistam esse vídeo do colega Rodrigo Vinícius:

Treinamento Funcional

 

Alguns benefícios do Treinamento Funcional:

  • Desenvolvimento da consciência sinestésica e controle corporal;
  • Melhoria da postura;
  • Melhoria do equilíbrio muscular;
  • Diminuição da incidência de lesão;
  • Melhora do desempenho atlético;
  • Estabilidade articular, principalmente da coluna vertebral;
  • Aumento da eficiência dos movimentos;
  • Melhora do equilíbrio estático e dinâmico;
  • Melhora da força, coordenação motora;
  • Melhora da resistência central (cardiovascular) e periférica (muscular);
  • Melhora da lateralidade corporal;
  • Melhora da flexibilidade e propriocepção;
  • Dentre outras qualidades necessárias e indispensáveis para a eficiência diária e esportiva.

Bom, aqui tem um básico do Treinamento Funcional, pois esse tipo de treinamento permite uma infinidade de possibilidades e consequentemente benefícios. Lembre-se sempre de procurar um professor qualificado para suas aulas de Treinamento Funcional, isso é muito importante, pois ele pode ser um excelente treinamento, mas também pode trazer resultados indesejados se executado de forma inadequada.

Até mais…

Anúncios

Sobre Prof. Leud

Leudenei Sganzerla – (Prof. Leud) CREF: 081722-G/SP Profissional registrado no Conselho Federal de Educação Física (CONFEF) e no Conselho Regional de Educação Física (CREF). Graduado em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE, Presidente Prudente - SP. Pós-graduado em Treinamento Personalizado e Musculação pela Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, Londrina - PR. Possui Certificação Internacional Oficial TRX Suspension Training (Treinamento em Suspensão), Certificação Core 360° - Treinamento Funcional e diversos cursos de capacitação como: Prescrição e Orientação de Exercícios na Saúde, na Doença e no Envelhecimento, Atividade Física e Saúde, Envelhecimento e Atividade Física, Atividade Física e Saúde, entre outros. Natural de Presidente Prudente, interior de São Paulo, onde reside e trabalha atualmente. Como Personal Trainer, tem atuado com os mais variados públicos, dentre estes, indivíduos que requerem cuidados específicos, como cardiopatas, obesos, diabéticos, pessoas com problemas na coluna e síndrome metabólica.
Esse post foi publicado em Treinamento e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s